top of page

60. Um pedido de ajuda


Baruch Shalom HaLevi Ashlag

(Rabash) Registros/Artigos

60. Um pedido de ajuda




Quando uma pessoa sofre alguma aflição corporal, ela deveria lamentar que o Criador a tenha punido, que ela esteja aflita. Se ela não está arrependida, não é um castigo, pois um castigo é aquilo que fere uma pessoa e ela não pode tolerar a sua situação, seja tristeza pela provisão ou tristeza pela doença.


Se ela disser que não sente tristeza, então não recebeu o castigo que o Criador lhe deu. Devemos saber que o castigo é uma correção para a sua alma. Assim, se ela não se arrepender, perdeu a correção.


Deve-se orar ao Criador para que tire dela o sofrimento e a tristeza que sente, pois uma oração que decorre do sofrimento é uma correção maior do que a correção do castigo.


Como ouvi do Baal HaSulam, o Criador pune uma pessoa não como uma vingança, punindo-a por não O obedecer, como fazem as pessoas. Pelo contrário, a punição é uma correção.


Quando alguém ora ao Criador para tirar dele o castigo, é como se estivesse pedindo ao Criador para tirar dele a correção. Ele perguntou: Como pode uma pessoa pedir ao Criador que lhe tire a correção, se a correção é a favor do homem? E ele explicou que através da oração quando alguém pede ajuda ao Criador, ele adquire conexão com o Criador, e esta é uma correção maior do que a correção que uma pessoa recebe através do castigo.


Posts recentes

Ver tudo

Carta Nº 1

Yehuda Leib HaLevi Ashlag (Baal HaSulam)/ Cartas Carta Nº1 2 de maio de 1922, Jerusalém Para meu amigo... Agora, ao meio-dia, recebi sua carta datada do dia oito do primeiro mês, e suas palavras sobre

827. A piedade fez a ocultação

827. A piedade fez a ocultação Deveríamos perguntar sobre as palavras: “Toda a terra está cheia de Sua glória”. Além disso, está escrito no Zohar: “Não há lugar vago para você”. O que isso significa?

Comentarios


bottom of page