top of page

Carta nº 3 

Baruch Shalom HaLevi Ashlag (Rabash)/Cartas

Carta nº 3 

 

Vayechi Yaakov (e Jacó Viveu), 2 de Janeiro de 1955, Tel-Aviv

Aos meus queridos e fiéis amigos,

Li a carta assinada por ... e gostei muito de você assumir o trabalho de amor de amigos. Em relação à sua primeira pergunta, não posso respondê-la por escrito, porque são assuntos para discussão oral e não é aconselhável anotá-las.

Com relação à segunda pergunta, estou escrevendo um artigo sobre o que ouvi de meu pai, Baal HaSulam: "Você preserva homens e animais, ó Senhor." Nossos sábios explicam que “são pessoas astutas que fingem ser bestas”, e você está me escrevendo que é bom ser realmente um animal! Em vez disso, você deve seguir os caminhos da Torá e da sabedoria (da Cabalá), e extrair do brilho do prazer superior a doçura do prazer saboroso da Luz Superior. No entanto, deve ser como "Os pastores do gado de Abraão" e não como "Os pastores do gado de Ló".

Você deve entender esses assuntos com o que eu disse ontem na terceira refeição diante de nossos amigos a respeito do versículo: "Eu irei ao Egito com você e o trarei" ... assim como o versículo: "E ele disse: ' EKYEH (eu estarei) com você, e isso será um sinal para você de que Anochi (I) lhe enviou. Quando eu trouxer o povo para fora do Egito, você deve adorar a Deus neste Har (montanha). '”Qual é a conexão entre EKYEH (eu irei), Anochi (eu sou) e o Har (montanha)?

No livro, Cartas do Rabbi Akiva, item 5, está escrito, EKYEH Asher EKYEH (serei o que serei), disse o Criador: “Eu criei o mundo com a qualidade da bondade, com a qualidade da bondade  Eu o  guio, e com a qualidade da bondade Eu o tornarei novo” . Outra coisa, EKYEH Asher EKYEH, disse o Criador: “Com a qualidade da fé Eu criei o mundo, com a qualidade da fé Eu o guio, e com a qualidade da fé Eu o farei novo”. Devemos entender o significado do versículo “Eu serei o que serei (EKYEH Asher EKYEH)” , com relação à qualidade da bondade e à qualidade da fé. Nossos sábios interpretaram o versículo, EKYEH Asher EKYEH, como significando: "Eu estarei nesta dificuldade, pois estarei com eles em sua escravidão aos outros reinos".

Para entender o que foi dito acima, precisamos saber que quando uma pessoa começa a observar a Torá e as Mitzvot na linha de Lishmá, ela sente que está com dificuldades, chamada “Egito”, o que significa que o rei do Egito constantemente pergunta: “Quem é o Senhor, para que eu obedeça à Sua voz? ” É quando os trabalhos da mente chegam, quando seus pensamentos começam com os Zivugim de Hakaa, que atinge sua mente. Às vezes, pensa-se que todos esses pensamentos estranhos são apenas espiões que vêm “ver a nudez da terra”, ou seja, olhar através das chaminés e não mais, e não há conexão entre esses pensamentos e o trabalho do Criador. Outras vezes, pensamos: "Somos honestos, filhos de um pai", ou seja, que todos os nossos pensamentos são apenas para se apegar ao único Criador, e somos fortalecidos e prevalecemos sobre todos os pensamentos de "Quem é o Senhor que eu devo obedecer a Sua voz? ” e "O que é esse trabalho para você?" que é chamado de "exílio no Egito".

A questão de EKYEH é o estado "de você em diante", que é o estado de acima da  razão. Desta vez é chamado: "Eu irei ao Egito com você", porque "Eu sou o Senhor, seu Deus", que é o fardo da fé, considerado por ele como um descenso do exílio no Egito. Quando queremos acalmar o corpo e fazer promessas de recompensa, na forma do desejo de receber, dizemos: "e eu também o trarei", o que significa que depois você também permanecerá no estado de Anochi ("Eu sou" ou "egoísta"), que é o estado de fé.

E este é Asher EKYEH (o que eu serei), significando depois também que ele permanecerá no estado de EKYEH, significando que mesmo “Quando você trouxer o povo do Egito, você  servirá a Deus neste monte”. Har (montanha) vem da palavra Hirhurim (reflexões), ou seja, mais tarde, ele também será construído sobre os alicerces da montanha, que é “como montanhas penduradas por um fio”, como em “Ele pendura a terra no vazio."

Mas depois, quando alcançamos Dvekut (adesão) com o Criador, o “vazio” se torna “sem o quê”, onde não há lugar para o “quê” despertar. Em vez disso, o EKYEH Asher se torna: "Eu o criei pela qualidade do bem". E quando sentimos que Ele é toda a bondade, entendemos: " Eu criei o mundo pela qualidade da fé".

Este é o significado de "Meu coração transborda com algo bom". Baal HaSulam explicou que o sentimento está apenas no coração, que não é revelado do coração para a boca. A boca se refere ao conhecimento, o que significa que a boca revela a mente e os pensamentos, enquanto o coração é apenas a recepção no coração, apenas um potencial. Então, quando alguém assume esse potencial, é recompensado com algo bom, um sentimento de que não há nada melhor no mundo do que a fé. Nesse ponto, ele pode dizer: "Meus trabalhos são para o Rei", ou seja, doar e não receber. A partir disso, é recompensado com o estado de "Minha língua é a caneta de um escritor ligeiro”, que é o estado de Moisés.

Este é o significado de "Eu irei ao Egito com você", ou seja, durante o exílio, vemos que nada é pior ou menor que o estado de "Anochi" ("Eu Sou" ou "egoísta"). Mas, quando recompensados, eles veem que também é o estado de "Eu também irei trazê-lo", que todas as subidas são o estado de Anochi. Este é EKYEH Asher EKYEH, o que significa que primeiro foi como um problema, mas agora ele considera isso como bom. Este é "E é tempo de angústia para Jacó, mas ele será salvo", pois todas as salvações são consideradas como Anochi.

Concluo minha carta com o desejo de que possamos merecer receber o fardo do reino dos céus no estado de Anochi.

 

Posts recentes

Ver tudo

CartasCarta Nº 59

Baruch Shalom HaLevi Ashlag (Rabash) CartasCarta Nº 59 9 de junho, 1962, Shavuot, Antuérpia Para o meu amigo … Com relação à sua pergunta sobre as palavras dos nossos sábios: “Um filho teimoso e rebel

Carta nº 22

Baruch Shalom HaLevi Ashlag (Rabash)/Cartas Carta nº 22 Manchester, 7 de julho de 1956 Para meu amigo, Li sua carta na qual você anuncia que tem momentos sombrios e momentos brilhantes. Saiba, meu ami

Comments


bottom of page