top of page

Dois Trabalhos

Baruch Shalom HaLevi Ashlag (Rabash)/Notas Sortidas

Dois Trabalhos

Artigo 572

 

“O fazedor de flechas é morto por suas próprias flechas” (às vezes, o artesão faz uma flecha que mata o próprio artesão) (Pesachim 28a), sobre o fermento de Pessach, que é queimado. Devemos interpretar que a ordem do trabalho de alguém na Torá e nas Mitzvot [mandamentos], quando ele quer trabalhar pelo bem do Criador é que é preciso lutar e derrotar a inclinação ao mal.

Ou seja, é da natureza humana trabalhar duro quando existe benefício próprio. Mas quando ele vê que nenhum benefício próprio emergirá desse trabalho, ele não pode trabalhar. Em vez disso, ele reclama e pergunta: "O que é esse trabalho para você?" o que você ganhará com o esforço?

Quando uma pessoa supera e diz que quer trabalhar contra a natureza e doar ao Criador, a inclinação ao mal vem com um argumento diferente, fazendo a pergunta do perverso faraó: "Quem é o Senhor para que eu obedeça à sua voz?" Só é possível trabalhar pelo bem de outros quando sei que o outro recebe o trabalho.

No entanto, quando ele tem dois trabalhos, 1) Ele deve vencer e ir contra a natureza, e trabalhar não para seu próprio benefício, mas para o benefício dos outros, para o bem do Criador. 2) Ele deve acreditar que o Criador recebe seu trabalho.

Essas duas perguntas são as principais, no argumento do iníquo. O restante das perguntas que chegam a uma pessoa são apenas resultado das duas perguntas acima.

Só é possível superar essas questões pelo poder da fé, que está acima da razão. É preciso responder ao iníquo que, da perspectiva do intelecto, faz sentido perguntar o que ele está perguntando. Mas acima do intelecto, na fé, quando ele acredita nas palavras dos sábios, esse é o único caminho que é para o bem do Criador.

Ou seja, quando alguém dá toda a sua energia e esforços por causa do Criador, esse é seu único propósito, e o mundo foi criado para esse propósito, como nossos sábios disseram: "O mundo inteiro foi criado apenas para isso" (Berachot 6b), significando para o temor do céu.

Portanto, quando ele responde aos ímpios que está acima da razão, que é contra o intelecto, o intelecto não pode mais fazer nenhuma pergunta porque todas as perguntas estão dentro da razão, enquanto acima do intelecto não há lugar para perguntas.

Portanto, quando o iníquo faz as perguntas, é-lhe dito que agora é a hora em que posso fazer meu trabalho com fé. Em outras palavras, pelo simples fato de você estar fazendo uma pergunta e eu lhe responder que vou com fé e não estou lhe dando uma resposta intelectual, isso é um sinal para você saber que meu trabalho é com fé acima da razão.

Segue-se que agora você me levou a fazer uma Mitzvá [mandamento], pois somente agora isso se revela a todos, que o caminho do Criador é apenas fé.

Com isso, podemos interpretar o que nossos sábios disseram: "O fazedor de flechas é morto por suas próprias flechas", significa que o artesão faz uma flecha que mata o próprio artesão. Isso significa que a mesma flecha com a qual ele quer matar o homem, ou seja, a pergunta que o iníquo faz, com isso ele é morto, ou seja, com a própria pergunta, ele mata o iníquo, o que significa que ele responde ao iníquo com a própria pergunta e o mata.

Assim, através da pergunta que ele faz, ele assume sobre si o mandamento da fé acima da razão e, assim, mata o iníquo, que não quer lhe dar uma chance de realizar Mitzvot.

Posts recentes

Ver tudo

Carta nº 6

Rabash. Carta nº 6 15 de abril de 1955, Londres Para os alunos: Recebi a carta de ... e é bom que ele interprete seus detalhes o máximo que puder. Quanto ao restante dos assuntos que ele me informou,

Plenitude na Vida

Baruch Shalom HaLevi Ashlag (Rabash) Artigos/ Registros Plenitude na Vida Artigo 809 "Uma pessoa não morre com metade do seu desejo realizado." "Quem tem cem deseja duzentos." A questão é: Como é a es

Carta nº 1

Baruch Shalom HaLevi Ashlag (Rabash)/Cartas Carta nº 1 Terça-feira, Porção Tetzave: "E você falará a todos os sábios de coração, a quem eu enchi com o espírito de sabedoria", etc. Ao Meu Honorável Pai

Comentarios


bottom of page