top of page

Fé e razão

Baruch Shalom HaLevi Ashlag (Rabash) Registros

Fé e razão -artigo 100


Tel Aviv, 9 de março de 1953

Ele perguntou: “Por que deveríamos estender Chochmá, que é conhecimento, se todo o nosso trabalho é baseado na fé acima da razão?” Ele respondeu: “Se os justos da geração não estivessem no estado de conhecimento, todo o Israel não poderia agir no caminho da fé acima da razão”. Especificamente quando os justos da geração espalham a iluminação de Chochmá, sua Daat (razão) ilumina todo Israel.

Isto é como uma pessoa. Se o seu cérebro entende e sabe o que quer, os órgãos funcionam e não precisam de cérebro. Em vez disso, a mão, a perna e o resto dos órgãos trabalham e fazem o que devem.

Nenhuma pessoa sensata pensaria em perguntar ou dizer que se a mão e a perna tivessem cérebro, seu trabalho seria melhor. Pelo contrário, o cérebro não altera os órgãos, porque os órgãos são avaliados de acordo com a grandeza do cérebro. Isso significa que se o cérebro for uma mente grande, todos os órgãos terão seu nome e serão considerados grandes órgãos.

O mesmo ocorre aqui: se o público aderir a um homem verdadeiramente justo, que já foi recompensado com conhecimento, o público poderá agir com fé e terá completa satisfação, e não precisará de nenhum conhecimento.


Posts recentes

Ver tudo

Carta nº 6

Rabash. Carta nº 6 15 de abril de 1955, Londres Para os alunos: Recebi a carta de ... e é bom que ele interprete seus detalhes o máximo que puder. Quanto ao restante dos assuntos que ele me informou,

Plenitude na Vida

Baruch Shalom HaLevi Ashlag (Rabash) Artigos/ Registros Plenitude na Vida Artigo 809 "Uma pessoa não morre com metade do seu desejo realizado." "Quem tem cem deseja duzentos." A questão é: Como é a es

Carta nº 1

Baruch Shalom HaLevi Ashlag (Rabash)/Cartas Carta nº 1 Terça-feira, Porção Tetzave: "E você falará a todos os sábios de coração, a quem eu enchi com o espírito de sabedoria", etc. Ao Meu Honorável Pai

Comments


bottom of page