top of page

O Impacto dos Pensamentos sobre o Homem

Baruch Shalom HaLevi Ashlag (Rabash) Artigos/ Registros

O Impacto dos Pensamentos sobre o Homem

Artigo 2


"Por causa do impacto da luz superior, que atinge aquela tela, as luzes cintilavam e passavam por aquele Massach [tela]" (O Estudo das Dez Sefirot, Parte 3, Capítulo 4, Item 6).

Podemos interpretar que o impacto são os pensamentos que atingem uma pessoa, a incomodam e a cansam, e ela tem pensamentos de um jeito e de outro. E tudo isso porque ela tem um Massach.

Se ela mantém o Massach e concorda em seguir o caminho do Criador, que é considerado como "mente", como "exame", quando ela compreende que é bom para ela aceitar a fé acima da razão, é considerado que ela causa um acréscimo de luz no grau superior, pois a alegria vem especificamente através do exame.

Isso é semelhante a dois indivíduos que se amam. Quando um deles tem a possibilidade de ter outro amigo, que também tem o desejo de se conectar com um deles, mas não está em consonância com o desejo do primeiro. E o primeiro amigo se senta e fica na expectativa de ver quem ele escolherá como seu amigo fiel e começa a discernir entre os dois. Ele começa a medir a importância e o benefício que obtém de cada um deles, e os pensamentos começam a voar e sua razão começa a se desvendar. Isso é chamado de "atacar com suas opiniões".

No final, ele decide pelo primeiro, que vale a pena se unir a ele. Ele examina apenas como uma força acima da razão. Ou seja, mesmo que ele não sinta tanto a importância do Superior, então o esclarecimento se dá através do Massach, que é chamado de aspecto da prova, que é a ocultação.

Mas, quando ele se sobrepõe ao Massach e o sustenta, ou seja, ele não cancela o Massach, isso causa alegria acima, e então o Superior também lhe dá alegria. Isso é, na medida em que ele recebeu a importância do Superior acima da razão, essa mesma medida de grandeza do Superior se estende a ele dentro da razão, nem mais nem menos.


Posts recentes

Ver tudo

Carta Nº 1

Yehuda Leib HaLevi Ashlag (Baal HaSulam)/ Cartas Carta Nº1 2 de maio de 1922, Jerusalém Para meu amigo... Agora, ao meio-dia, recebi sua carta datada do dia oito do primeiro mês, e suas palavras sobre

827. A piedade fez a ocultação

827. A piedade fez a ocultação Deveríamos perguntar sobre as palavras: “Toda a terra está cheia de Sua glória”. Além disso, está escrito no Zohar: “Não há lugar vago para você”. O que isso significa?

Comments


bottom of page