top of page

Os Nossos Pensamentos São os que Determinam se Estamos Vivendo na Santidade ou nas Cascas


 Na pessoa há três corpos internos.


O corpo interno que é a vestimenta para a alma santa, depois sobre este tem a klipá de Noga e sobre este outro corpo, a pele da serpente; o que a pessoa precisa é desenrolar o corpo interno que é um corpo de santidade no qual se veste a Nefesh de kedusha (a alma de santidade)

Os dois corpos externos que são a klipá de Noga e a pele da serpente, as quais não devemos usar para nada, ou o menos possível.

Conforme pensamos com o corpo interno, o desenvolvemos.  Então a alma Santa mais e mais se veste nele e adquirimos esta alma.

O segundo corpo que é klipá e o terceiro que é a pele da serpente, se não usarmos estes corpos, pouco a pouco eles vão desaparecendo. Então vamos sentindo que estamos no verdadeiro corpo interno o corpo que é a alma da santidade.

 Quanto mais deixamos de usar os dois corpos externos mais rápido eles vão desaparecendo, perdendo a força e a parte interna vai tomando seu lugar.

 Poderíamos perguntar como alimentamos esses três corpos; os gigantes da kabbalah nos ensinam que é através dos pensamentos, por isso dependendo do pensamento nós estamos alimentando um dos corpos.

Por isso quanto mais a pessoa estiver no ambiente correto mais pensamentos irão fluir e vão alimentar a sua parte interna, a qual vai crescer e se desenvolver pouco a pouco, com isso vai se desconectando da serpente e se conectando com a parte Divina que está nele.

Em primeiro lugar não devemos querer usar esses desejos que fazem parte desses dois corpos externos, pois eles fazem parte do desejo de receber só para o meu próprio benefício. Quanto mais os usamos, mais distante da santidade nos tornamos, quanto menos eu usá-los mais rapidamente eles vão enfraquecer e chegar ao ponto de morrer, esses três elementos que estão em mim.

Os nossos pensamentos são os que determinam se estamos vivendo na santidade ou nas cascas.

Os Nossos Pensamentos São os que Determinam se Estamos Vivendo na Santidade ou nas Cascas.

 

Na pessoa há três corpos internos:

O corpo interno que é a vestimenta para a alma santa, depois sobre este tem a klipá de Noga e sobre este outro corpo, a pele da serpente; o que a pessoa precisa é desenrolar o corpo interno que é um corpo de santidade no qual se veste a Nefesh de kedusha (a alma de santidade)

Os dois corpos externos que são a klipá de Noga e a pele da serpente, as quais não devemos usar para nada, ou o menos possível.

Conforme pensamos com o corpo interno, o desenvolvemos.  Então a alma Santa mais e mais se veste nele e adquirimos esta alma.

O segundo corpo que é klipá e o terceiro que é a pele da serpente, se não usarmos estes corpos, pouco a pouco eles vão desaparecendo. Então vamos sentindo que estamos no verdadeiro corpo interno o corpo que é a alma da santidade.

 Quanto mais deixamos de usar os dois corpos externos mais rápido eles vão desaparecendo, perdendo a força e a parte interna vai tomando seu lugar.

 Poderíamos perguntar como alimentamos esses três corpos; os gigantes da kabbalah nos ensinam que é através dos pensamentos, por isso dependendo do pensamento nós estamos alimentando um dos corpos.

Por isso quanto mais a pessoa estiver no ambiente correto mais pensamentos irão fluir e vão alimentar a sua parte interna, a qual vai crescer e se desenvolver pouco a pouco, com isso vai se desconectando da serpente e se conectando com a parte Divina que está nele.

Em primeiro lugar não devemos querer usar esses desejos que fazem parte desses dois corpos externos, pois eles fazem parte do desejo de receber só para o meu próprio benefício. Quanto mais os usamos, mais distante da santidade nos tornamos, quanto menos eu usá-los mais rapidamente eles vão enfraquecer e chegar ao ponto de morrer, esses três elementos que estão em mim.

Os nossos pensamentos são os que determinam se estamos vivendo na santidade ou nas cascas.

Sônia Scheuerlein Marques 5784/Porto Alegre/RS

Posts recentes

Ver tudo

Carta nº 6

Rabash. Carta nº 6 15 de abril de 1955, Londres Para os alunos: Recebi a carta de ... e é bom que ele interprete seus detalhes o máximo que puder. Quanto ao restante dos assuntos que ele me informou,

Plenitude na Vida

Baruch Shalom HaLevi Ashlag (Rabash) Artigos/ Registros Plenitude na Vida Artigo 809 "Uma pessoa não morre com metade do seu desejo realizado." "Quem tem cem deseja duzentos." A questão é: Como é a es

Carta nº 1

Baruch Shalom HaLevi Ashlag (Rabash)/Cartas Carta nº 1 Terça-feira, Porção Tetzave: "E você falará a todos os sábios de coração, a quem eu enchi com o espírito de sabedoria", etc. Ao Meu Honorável Pai

Comments


bottom of page