top of page

Recebendo dos Amigos a Força da Fé Acima da Razão

Recebendo dos Amigos a Força da Fé Acima da Razão

Notas selecionadas

 

1. RABASH, Artigo nº 30 (1988), " O Que Procurar na Assembleia de Amigos"

As discussões dos amigos sobre a grandeza do Criador despertam o desejo e o anseio de anular-se diante do Criador, porque ele começa a sentir o anseio e o desejo de unir-se ao Criador. E devemos nos lembrar de que, na medida em que os amigos podem apreciar a importância e a grandeza do Criador, ainda devemos ir acima da razão, o que significa que o Criador é maior do que qualquer grandeza do Criador que se possa imaginar.

Devemos dizer que acreditamos acima da razão que Ele conduz o mundo em uma orientação benevolente, e se acreditarmos que o Criador quer apenas o melhor para o homem, isso fará com que a pessoa ame o Criador até ser recompensada com "E amarás o Senhor teu Deus de todo o teu coração e de toda a tua alma". E é isso que a pessoa deve receber dos amigos.

2. RABASH, Artigo nº 21 (1986), "Sobre Acima da Razão"

Pode ser obtido pela adesão de amigos - novas qualidades pelas quais eles estarão qualificados para alcançar o Dvekut com o Criador. E tudo isso pode ser dito enquanto ele vê os méritos dos amigos. Nesse momento, é relevante dizer que ele deve aprender com as ações deles. Mas quando ele vê que é mais qualificado do que eles, não há nada que possa receber dos amigos.

É por isso que eles disseram que, quando a má inclinação vier e lhe mostrar a baixeza dos amigos, ele deve ir acima da razão. Mas, certamente, seria melhor e mais bem-sucedido se ele pudesse ver dentro da razão que os amigos estão em um grau mais elevado do que o seu. Com isso, podemos entender a oração que o Rabino Elimelech escreveu para nós: "Que nossos corações vejam as virtudes de nossos amigos, e não seus defeitos".

3. Baal HaSulam, Shamati, Artigo nº 99, "Ele Não Disse Malvado ou Justo".

Se alguém não tiver nenhum desejo ou anseio de espiritualidade, se estiver entre pessoas que têm desejo e anseio de espiritualidade, se gostar dessas pessoas, ele também terá a força delas para prevalecer, e seus desejos e aspirações, embora, por sua própria qualidade, ele não tenha esses desejos e anseios e o poder de vencer. Mas de acordo com a graça e a importância que ele atribui a essas pessoas, ele receberá novos poderes.

4. RABASH, Artigo nº 21 (1986), "Sobre Acima da Razão".

Ouvi dizer que Baal HaSulam afirmou que a única coisa que pode ajudar uma pessoa a sair do amor-próprio e ser recompensada com o amor ao Criador é o amor aos amigos. Portanto, não tenho escolha a não ser criar laços com esses amigos, embora, em minha opinião, seria melhor para mim ficar longe deles e não criar laços com eles.

No entanto, não tenho escolha e preciso acreditar acima da razão que, de fato, todos os amigos estão em um grau elevado, mas não consigo ver a virtude deles com meus olhos. É por isso que ele deve acreditar acima da razão.

5. RABASH, Artigo nº 21 (1986), " Sobre Acima da Razão".

Nossos sábios disseram: "A inveja dos contadores aumenta a sabedoria". Em outras palavras, quando todos os amigos veem a sociedade como estando em um nível elevado, tanto em pensamentos quanto em ações, é natural que cada um deva elevar seu grau a um nível mais alto do que aquele que possui pelas qualidades de seu próprio corpo.

6. RABASH, Artigo 30 (1988), " O que Procurar na Assembleia de Amigos"

Pela razão, os amigos são aqueles que deveriam amá-lo, mas ele supera sua razão, ultrapassa a razão e diz: "Não vale a pena viver para mim mesmo". E embora nem sempre se esteja em um grau em que se possa dizer isso, esse é, no entanto, o propósito do trabalho. Assim, ele já tem algo a responder ao corpo.

7. RABASH, Artigo nº 21 (1986), "Sobre Acima da Razão".

Embora dentro da razão você veja que seu amigo está errado, você ainda deve tentar julgá-lo favoravelmente. E isso pode estar acima da razão. Ou seja, embora logicamente ele não possa justificá-lo, acima da razão ele pode justificá-lo mesmo assim.

8. RABASH, Artigo nº 3 (1987), " Todo Israel Tem Parte no Próximo Mundo".

Quando fazemos um pacto, queremos dizer que, como é possível que algo os separe, eles estão fazendo um pacto agora, de modo que, assim como agora eles entendem que há amor e equivalência entre eles, esse pacto persistirá mesmo que depois ocorram coisas que os separem. Ainda assim, a conexão que estão estabelecendo agora será permanente. Assim, devemos dizer que, se depois vierem coisas que os separem, devemos dizer que cada um deve ir acima da razão e dizer que não notará o que vê dentro da razão, mas irá acima da razão. Somente dessa forma o pacto poderá ser mantido e não haverá separação entre eles.

 

Posts recentes

Ver tudo

Paixão pelo conhecimento

Baruch Shalom HaLevi Ashlag (Rabash) Artigos/ Registros Paixão pelo conhecimento Artigo 145 A paixão pelo conhecimento chega a quem age para saber, que se esforçam e se aprofundam o máximo que podem.

Carta nº 6

Rabash. Carta nº 6 15 de abril de 1955, Londres Para os alunos: Recebi a carta de ... e é bom que ele interprete seus detalhes o máximo que puder. Quanto ao restante dos assuntos que ele me informou,

Plenitude na Vida

Baruch Shalom HaLevi Ashlag (Rabash) Artigos/ Registros Plenitude na Vida Artigo 809 "Uma pessoa não morre com metade do seu desejo realizado." "Quem tem cem deseja duzentos." A questão é: Como é a es

Comments


bottom of page